sábado, 27 de fevereiro de 2010

Terremoto deixa 85 Mortos no Chile

Forte tremor de magnitude 8,8 ocorreu às 3h34 da madrugada.
Segundo presidente, número se refere apenas à região de Maule.

Do G1, com agências internacionais *


O terremoto de 8,8 graus de magnitude que atingiu a região central do Chile na madrugada deste sábado (27) deixou ao menos 85 mortos até agora, disse a presidente do Chile, Michelle Bachelet.

O terremoto, de cerca de um minuto de duração, ocorreu às 3h34 (horário local de verão, o mesmo de Brasília) e estremeceu prédios na capital, Santiago, a 325 km de distância. Várias regiões da cidade ficaram sem energia e muitos chilenos, com medo, saíram às ruas.

Pelo menos 13 réplicas de magnitudes entre 6,9 e 6,2 ocorreram nas horas posteriores ao primeiro tremor, Escritório Nacional de Emergência (ONEMI) do Chile.

O tremor foi sentido nos países vizinhos, inclusive no Brasil. O Corpo de Bombeiros e a Defesa Civil de São Paulo informaram que receberam chamados para verificar pequenos tremores em vários bairros da capital paulista.

Veja fotos do terremoto no Chile

Foto: Editoria de Arte / G1
Editoria de Arte / G1
Veja no mapa as regiões mais atingidas pelo terremoto (Editoria de Arte / G1)

Aeroporto fechado

O Aeroporto Internacional de Santiago foi fechado por tempo indeterminado. A empresa aérea TAM cancelou três voos entre São Paulo e Santiago, no Chile, neste sábado.

Linhas telefônicas e sistemas de internet foram afetadas nas localidades próximas à zona do epicentro. Tsunami provocada pelo tremor atingiu a Ilha Robinson Crusoé, próxima a Valparaíso. Na Ilha de Páscoa, também na costa chilena, foi ordenada a retirada dos moradores por conta do risco de tsunami.

O Centro de Advertência de Tsunamis do Pacífico, dos Estados Unidos, afirmou que um tsunami pode causar danos na costa do arquipélago do Havaí.

Estado de catástrofe

Michelle Bachelet, que sobrevoa de helicóptero as regiões atingidas pelo tremor, declarou "estado de catástrofe" nas regiões de Maule, Bio Bio e La Araucanía.

Bachelet também informou que foram enviadas equipes às regiões atingidas, onde as comunicações ainda não estão normalizadas. No Escritório Nacional de Emergência, a presidente pediu calma à população, mas afirmou que o número de vítimas deverá aumentar. "Com um terremoto dessa força, não podemos absolutamente descartar mais mortes e provavelmente feridos", afirmou a presidente.

Foto: Mario Andrés Vilches/AFP/Reprodução Telesur
Destruição em Santa Cruz, fotografada pelo internauta Mario Andrés Vilches, e fogo em edifício de Concepción. (Foto: Mario Andrés Vilches/AFP/Reprodução Telesur)

O terremoto de 8,8 graus de magnitude atingiu a região central do Chile, perto de Concepción, 400 km ao sul de Santiago, segundo o Instituto Geológico dos Estados Unidos (USGS, na sigla em inglês). O mesmo instituto havia divulgado anteriormente que o tremor atingiu 8,3 graus, posteriormente 8,5 graus.

Reflexos foram sentidos até mesmo no Brasil.

O epicentro do tremor foi localizado no mar, a 59 km de profundidade, em Maule, a 99 km da cidade de Talca.

Vítimas

Na região de Bío Bío, a 500 quilômetros de Santiago, onde se localizou o epicentro do terremoto, foram confirmados ao menos dez mortos, mas o número pode ser maior, segundo o subsecretário da pasta, Patricio Rosende.

O terremoto ocorreu a poucos dias de se completarem 25 anos de outro tremor que causou centenas de mortes e destruiu várias localidades no litoral central do Chile, em 3 de março de 1985.

* Com informações das agências de notícias EFE, France Presse e Reuters

Oportunidade: Sobre o Seletivo da SUSAM para o interior

Em resposta a pergunta feita pelo nosso leitor:

Atelié da Alma: Um olhar da Psicologia disse...

Esse concurso ainda vai sair..? acho q para o interior ainda segundo o site da susam nao haverá PS..

Seleção Susam

A Secretaria Estadual de Saúde (Susam) informou, por meio de sua assessoria de comunicação, que ainda não definiu a data da publicação do edital do Processo Seletivo com vagas para o Interior. A expectativa do órgão é fazer o lançamento nos próximos dias. São 497 vagas.

sexta-feira, 26 de fevereiro de 2010

IBGE abre concurso para 191.972 vagas de recenseadores para o Censo 2010

Cargo exige nível fundamental completo.
Salário será calculado de acordo com a produção do recenseador.

Do G1, em São Paulo


Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE)
Inscrições
De 26 de fevereiro a 4 de abril
Salário
De acordo com a produção dos recenseadores (média de R$ 1 mil para cerca de 300 entrevistas)
Vagas
191.972
Taxa de inscrição
R$ 18
Prova
30 de maio

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) lançou nesta sexta-feira (5) o edital de concurso público para contratação de 191.972 recenseadores temporários (179.636 para ampla concorrência e 12.336 para deficientes) para o Censo 2010 em todo o país.

O cargo exige nível fundamental completo. O salário não foi divulgado e, segundo o edital, será calculado de acordo com a produção dos recenseadores. Segundo o IBGE, a média é de R$ 1 mil para cerca de 300 entrevistas (veja aqui o edital).

Confira lista de concursos e oportunidades

Os recenseadores coletarão as informações do Censo Demográfico 2010, registrando os dados em meios eletrônicos. O horário é feito pelo recenseador. O Censo começa no dia 1º de agosto. A contratação dos recenseadores será a partir de 26 de julho.

O contrato de trabalho terá duração de um mês, podendo ser prorrogado pelo mesmo período conforme a necessidade. Os candidatos contratados terão seu desempenho avaliado mensalmente, observados cumprimento de prazos e produtividade.

Segundo o edital, a previsão de execução dos trabalhos é de até 5 meses. A jornada de trabalho recomendada é de 25 horas semanais, além da participação obrigatória no treinamento, que terá duração de cinco dias e meio e carga horária de 8 horas diárias.

As inscrições devem ser feitas de 26 de fevereiro a 4 de abril pelo site www.cesgranrio.org.br. Também será possível fazer inscrições presenciais, de 26 de fevereiro a 19 de março, nos postos de inscrição - veja aqui os endereços.

A taxa de inscrição é de R$ 18.

Poderão solicitar isenção da taxa de inscrição candidatos inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) membros de família de baixa renda (renda familiar mensal per capita de até meio salário mínimo ou renda familiar mensal total de até três salários mínimos).

A isenção deve ser solicitada no site das inscrições de 26 de fevereiro 4 de março.

Os candidatos serão submetidos a provas objetivas. A duração das provas será de quatro horas. Os exames estão previstos para serem realizados em 30 de maio, das 13h às 17h. Os locais de prova serão divulgados a partir do dia 18 de maio.

Enquanto isso...


quinta-feira, 25 de fevereiro de 2010

Edital do concurso da Prefeitura de Manaus deve ser lançado em março

25 de fevereiro de 2010

Fonte: Portal Amazônia



Foto: PMM









MANAUS – O edital do concurso público que a Prefeitura de Manaus pretende realizar deve ser lançado na segunda semana de março, segundo o secretário municipal de Administração, José Antonio Ferreira Assunção. Devem ser oferecidas mais de 2 mil vagas e cadastro de reserva.

Hoje, representantes da Secretaria Municipal de Administração (Semad) e da empresa Cone Sul, que deve organizar o certame, vão estar reunidos para tratar dos últimos detalhes para a realização do exame.

O secretário informou que a Prefeitura enviou, ontem (24), à Câmara Municipal três projetos de lei definindo a taxa de isenção para o concurso, a criação de cargos e a nova lei dos servidores temporários.

Segundo ele, se a Câmara devolver os projetos e o prefeito de Manaus aprovar dentro do prazo previsto, o edital será divulgado entre os dias 10 e 12 de março.

Dentro do calendário do concurso, as inscrições estão previstas para serem realizadas no período de 15 a 31 do próximo mês. As provas devem acontecer no dia 2 maio.

- Esse é o planejamento que está vigorando, se ocorrer tudo dentro do previsto, esse será o calendário do exame -, disse o secretário ao Portal Amazônia. As inscrições serão feitas somente pela internet.

Em ralação à taxa de isenção, o secretário informou que o concurso terá como base o cadastro do Bolsa Família, do governo Federal. Segundo ele, todas as pessoas cadastradas no programa terão gratuidade garantida.

– Como a prefeitura tem acesso à base de dados do benefício, utilizaremos essas informações para validar as isenções. Quem não tem o cartão do programa deve fornecer a documentação que comprove que não possui renda-, explicou.

O secretário da Semad disse ainda que o lucro do concurso será a partir das taxas inscrição e que a prefeitura não tem orçamento previsto para pagar empresa realizadora do exame. – Será repassado somente verba referente às inscrições isentas-, disse. (AL)

segunda-feira, 22 de fevereiro de 2010

De Frente Com a Pedofilia


A atual apresentadora da Rádio Nova Coari FM responde a crimes de aliciamento de menores de idade.


Nesta Segunda-Feira a Rádio Nova CoARI FM reiniciou seus trabalhos, prometendo uma grade de programação nova mais com velhas práticas, pelo menos foi o que indicou a contratação da apresentadora Renata Maquiné. Boa parte do grupo que comanda a Rádio é ligada ao ex-prefeito Adail Pinheiro, preso por pedofilia ano passado, mas parece que o grupo não consegue se desvencilhar desta doença.

Trouxe uma versão manaura de Lândia Santos, cafetina de Adail presa também ano passado. Trata-se de Renata Maquiné, que conhece bem dos meandros do aliciamento de menores de idade, foi o que constatou o Ministério Público Estadual, a apresentadora usava inclusive a mesma clínica onde Adail mandava por fim as gravidez indesejadas nas menores por ele abusadas.

Entenda melhor o caso:

O procurador-geral da República, Antonio Fernando Souza, denunciou o deputado federal Lupércio Ramos, do PMDB-AM, por atentado violento ao pudor e por aborto provocado por terceiro, crimes previstos nos artigos 214 e 125 do Código Penal, respectivamente. A denúncia (INQ 2150) foi enviada ao Supremo Tribunal Federal (STF) no dia 10 de agosto.

Segundo a denúncia, em fevereiro de 2001, uma jovem com 14 anos de idade participou do programa de rádio do deputado A Voz do Povo. A partir de então, ela foi convidada várias outras vezes para o programa e, depois, para fazer faxina na cada do deputado. Nas duas vezes em que foi à casa do deputado para fazer faxina, a jovem foi obrigada a participar de atos libidinosos, diversos de conjunção carnal, crime previsto no artigo 214 do Código Penal (atentado violento ao pudor). Ou seja, em vez de trabalhar, ela sofria abuso sexual.

Nessas idas e vindas para a suposta faxina, a menor era sempre levada pela jornalista Renata Moreira Maquiné, também denunciada no inquérito pelo crime de induzir pessoa a satisfazer a lascívia de outrem, previsto no artigo 227 do Código Penal.

Aborto - Pouco tempo depois dos fatos, a mãe da adolescente percebeu um comportamento estranho e, por meio de exames, descobriu que a jovem de apenas 14 anos estava grávida. Na denúncia, Antonio Fernando Souza afirma que, quando o deputado soube disso, sugeriu um aborto. Mãe e filha não concordaram.

Diante da negativa, a jornalista Renata Moreira Maquiné buscou a menina em casa para levá-la ao médico para tomar vitaminas. Em vez disso, a jovem foi levada para uma clínica em Manaus e, depois de sedada por um médico (também denunciado), sofreu o aborto. A garota ainda ficou dois dias num sítio de Renata, localizado fora de Manaus, onde sofreu constantes ameaças.

Para o procurador-geral, esse episódio mostra que o deputado, a jornalista e o médico praticaram o crime de provocar o aborto sem o consentimento da gestante. Se for condenado por esse crime, o deputado pode pegar de três a dez anos de reclusão. Já o crime de atentado violento ao pudor prevê pena de seis a dez anos de reclusão.

A denúncia vai ser analisada pelo ministro Joaquim Barbosa, relator do caso no STF.

Para saber mais clique aqui.

Fonte: Blog do Holanda.

É por essas e por outras que é cada dia maior o descrédito de um grupo que se diz compromissado com o povo mas que teima em se sujar num mar de escândalos, as famílias coarienses fica o alerta, cuidado eles estão de volta!

quinta-feira, 18 de fevereiro de 2010

Oportunidade: SUSAM abrirá Processo Seletivo

Inscrições: semana que vem

Bruno Kelly/01/02/2010
Em Manaus, inscrições já aconteceram




A Secretaria Estadual de Saúde (Susam) abrirá, na próxima semana, as inscrições para o preenchimento de 497 vagas no interior do Estado. A remuneração para o médico vai de R$ 8,2 mil a R$ 14 mil, dependendo da localidade.

A Prefeitura de Manaus ainda não determinou a data de lançamento do edital do concurso público, que deve abrir em torno de 4 mil vagas, porque somente na segunda ou terça-feira da próxima semana será enviada à Câmara Municipal mensagem que cria novos cargos em várias secretarias. Esses cargos são fundamentais para a Secretaria Municipal de Administração (Semad) fechar os editais.

O secretário municipal de Administração, José Antonio Assunção, diz que serão lançados vários editais. O primeiro terá 2.080 vagas para algumas secretarias, entre as quais a de Saúde (Semsa).

Interior

As vagas da Susam para o interior do Estado foram assim divididos: 44 para médicos generalistas, 53 para médicos especialistas e o restante para outros cargos não médicos. O lançamento do PSS dependia de aprovação da remuneração pela Assembleia Legislativa, o que aconteceu na semana passada.

O salário base é de R$ 8,2 mil, aumentando R$ 2,8 mil para os que atuarem em municípios no entorno da capital; para municípios considerados “meio”, a gratificação sobe para R$ 3,8 mil; para os municípios “distantes” a gratificação é de R$ 4,8 mil e para os “mais pobres e distantes” a gratificação será de R$ 5,8 mil, que somando-se ao salário de R$ 8,2 mil totaliza R$ 14 mil.

Agora é a Quaresma


Campanha da Fraternidade 2010



Economia e vida em debate

Wilson Pedrosa/AE
D. José Alberto Moura, representante da CNBB, na abertura em Montes Claros (MG)



Elaíze Farias
Da equipe de A CRÍTICA


O bispo auxiliar de Manaus, dom Sebastião Bandeira Coelho, criticou políticos “que desviam dinheiro do povo” e destacou a importância de se escolher “candidatos que não estejam comprometidos com a corrupção” durante a missa de lançamento nacional da Campanha da Fraternidade deste ano, ontem de manhã, na Igreja da Matriz. D. Sebastião substituiu o arcebispo D. Luiz Vieira, que está na Alemanha, a convite da Confederação dos Bispos daquele país.

A preocupação com a exclusão social e com o acúmulo de riquezas apontada por dom Sebastião, durante a missa, é uma referência ao tema da campanha deste ano, “Economia e Vida”. O lema é “Vocês não podem servir a Deus e ao dinheiro”, frase retirada do livro de Mateus 6, 24.

“A política está muito ligada à economia. O povo precisa escolher candidatos que estejam comprometidos com eles e não com a corrupção. E que sejam candidatos com projetos políticos que não sejam passageiros e eleitoreiros, mas que visem a superação de todas as formas de miséria”, afirmou o bispo auxiliar, em entrevista ao jornal A CRÍTICA, após a missa.

Durante a missa, o bispo utilizou a metáfora da casa que acumula riqueza em um armazém para falar da exclusão econômica e social no mundo. “Economia é a arte de administrar a casa. A riqueza e o dinheiro devem ficar circulando para beneficiar a todos. Mas se ela fica acumulada, em um cofre ou um armazém, a maioria dos habitantes da casa não usufrui os benefícios”, afirmou.

Dom Sebastião também foi duro ao criticar pessoas que utilizam o dinheiro como se este “fosse um patrão ou um deus”. “Com dinheiro, as pessoas ficam insensíveis, passam a se sentir poderosas, pensam que são deuses e não obedecem as leis”, afirmou dom Sebastião, referindo-se novamente a pessoas que desviam recursos públicos em benefício particular.

Conforme o bispo, o tema da Campanha da Fraternidade deste ano foi escolhido devido à preocupação com a crise financeira mundial, cujo modelo de economia vem trazendo consequências destrutivas e perversos na sociedade e no meio ambiente, segundo ele. “Esta crise também está ligada aos desafios ecológicos. O modelo de economia destrói, de maneira insaciável, os recursos naturais”, analisou.

A Campanha de 2010 é promovida, pela terceira vez (a última foi em 2005), em caráter ecumênico, por meio do Conselho Nacional de Igrejas Cristãs do Brasil (Conic). No Amazonas, as cinco igrejas evangélicas do Conic não possuem representantes. São a Cristã Reformada, Episcopal Anglicana, Evangélica de Confissão Luterana no Brasil, Ortodoxa Sírian do Brasil e Presbiteriana Unida.

OZ Bambaz fazem a festa em Coari

OZ Bambaz foram a principal atração da úlitma noite do Carnacoari 2010. Com aproximadamente 40 mil pessoas no Centro Cultural Carlos Braga, os foliões mostraram que sabem "swingar". Cantando músicas consagradas nacionalmente a banda fez a alegria principalmente de jovens e adolescentes, maiores seguidores do ritmo.

Chuva

Nem a chuva foi capaz de dispersar os milhares de foliões , muito pelo contrário, a animação parece ter recebido uma senhora injeção , pois se tem uma coisa que coariense gosta é de banho de chuva, ao que parece, carnaval e chuva estão se tornando uma combinação tradicional em Coari, já que pelo segundo ano consecutivo a chuva premia os brincantes na última noite.



Homenagem e emoção

A emoção ficou guardada para o final do show, onde Rubinho , o vocalista da banda chamou Eliane Liberal, que perdeu suas filhas Natalia e Estefhany Liberal no trágico acidente aéreo em fevereiro do ano passado e que fãs declaradas do grupo.

Com a chuva cada vez mais forte o cantor as homenageou com uma musica gospel,levando parte do centro cultural a um estado de comoção e solidariedade. Durante os três dias de festividades passaram cerca de 80 mil pesoas pelo Centro Cultural, apesar do grande número de foliões, os incidentes e brigas foram mínimos segundo a policia militar, que trouxe reforços para seu efetivo local.


segunda-feira, 15 de fevereiro de 2010

Mitouso Analisa seu Início de Governo


Após mais de três Meses de mandato, o prefeito de Coari, Arnaldo Mitouso realizou no último domingo, uma ampla análise se início de mandato. A rádio escolhida foi a Educação Rural de Coari, já que o prefeito visava atingir a zona Rural do Munícipio.

Mitouso não se esquivou de nenhuma pergunta, mesmos as mais polêmicas. Acompanhado de parte de seu secretariado, a entrevista foi marcada por uma grande participação dos rádio-ouvintes, inclusive sendo grande parte do interior.

Temas como: Geração de emprego e Renda, obras,Educação, Saúde, Habitação, Gestão democrática foram o enfoque das mais de duas horas de duração da entrevista.

Crônicas: Prefeito, após mais de três meses de mandato é possivel fazer um "Raio X" de sua administração?

Mitouso: Sim, encontramos Problemas de todas as ordens. Assumimos a prefeitura no dia 17 de outubro de 2009 com a Folha de Pagamento dos Funcionários Atrasada, inclusive o 13º salário; Pagamento de Fornecedores e dos Catraieiros.A Cidade toda esburacada e tomada pelo lixo, (foram recolhidas mais de trezentas toneladas de lixo); Praças destruídas; Internet e Telefones da Prefeitura cortados; Documentos Contábeis desaparecidos; Hospital sem medicamento dentre tantos outros desmandos. Um total desrespeito ao patrimônio público.


A Prefeitura continua inadimplente, ou seja, está com o nome sujo no Governo Federal e Estadual, não pode ainda fazer parcerias para receber recursos para construção de novas obras em decorrência de uma dívida gigantesca junto ao INSS.


Os Prefeitos anteriores descontavam a Previdência dos Funcionários e dos Prestadores de Serviços, mas não repassavam o dinheiro para o INSS.


A Prefeitura deve hoje mais de 60 milhões de reais, e estamos lutando para negociar. Temos que pagar a dívida gigantesca deixada pelos Prefeitos anteriores, e quem sofre com isso é o povo, o funcionalismo público, as crianças, os idosos, em fim, todos nós.


É preciso ter um espírito republicano para reconhecer essa triste realidade. O pior cego é aquele que finge que não ver, que se nega a reconhecer essa triste realidade. Em síntese, encontramos a Prefeitura em situação de total falência moral e ética.


Crônicas: O senhor teve uma eleição histórica, maracado com discursso de mudança, isso gerou uma enorme expectativas na população, diante do colapso da prefeitura, que emperrou suas ações iniciais, geraram-se muitas críticas, como o senhor encara isto?


Mitouso: Sou consciente desse fardo, da pressa que as pessoas têm em resultados imediatos, estou consciente das cobranças, das críticas... Tudo isso é bastante normal, natural. O importante é que eu manterei a “ternura no meu coração”, oro por isso todos os dias. Sei perfeitamente diferenciar as cobranças que partem do povo, das críticas e cobranças politiqueiras dos nossos adversários.


Com um olhar para o passado recente, o nosso Município não tem do que se orgulhar. Eles tiveram 8 anos e 8 meses para desenvolver social e economicamente nossa cidade.


Não o fizeram! Pelo contrário, deixaram o município nessa situação que acabo de relatar, que a Justiça conhece, que o Tribunal de Contas da União conhece, que o Tribunal de Contas do Estado conhece, que todos os homens e mulheres de bem de Coari conhecem.


Não é preciso ser muito inteligente para perceber a realidade em que encontramos o nosso Município, basta ter “sensibilidade e vergonha na cara”.


Crônicas: Uma dos principais alvos de crítica a sua administração é o pagamento do décimo terceiro? que medidas tem sido tomadas para solucionar este problema?


Mitouso: Sou o primeiro prefeito da história deste munícipio que recebe dívidas de três outros prefeitos seguidos, Tenho que sanar o terço de férias deixado pelo prefeito que assumia em 2008, terço de férias do prefeito que assumia durante parte de 2009 e os salários deixados pelo prefeito interino em Setembro último. assumi três meses, paguei quatro,Setembro, Outubro, Novembro, Dezembro, só não concluímos Setembro porque enquanto o prefeito que assumia até então arrecadou R$ 9 milhões e gastou R$ 13 milhões.


Para completar em Dezembro tivemos uma queda de receita de R$ 3 milhões ao mês com a perda do ISS, das empresas ligadas ao gasoduto e que foram embora, que é uma receita direta e que fez com não tívessemos condições de pagar o décimo em Dezembro, queríamos realizar o Pagamento agora em Janeiro, mas tivemos que saldar parte da dívida de R$ 60 milhões deixados pelos administradores anteriores com o INSS, o que novamente frustou nossos planos.


Nenhuma destas críticas polítiqueiras me tira o sono, mas sanar este pagamento com funcionalismo sim. Estamos trabalhando para que todas as pendências estarão regularizadas até o mês de março. Além disto, implantaremos um calendário de pagamento, onde todos servidores públicos poderam enfim planejar suas despesas.


Um bom serviço público se faz com funcionários motivados, por isso iremos rever o PCCS desses funcionários, buscaremos formas de melhorar seus vencimentos e ambiente de trabalho.


Crônicas: A saúde foi uma das áreas mais criticadas durante sua campanha para prefeito, quais foram suas medidas para a melhoria da mesma?


Mitouso: Juntamente com os nossos Secretários e equipe técnica já tomamos algumas medidas emergenciais, como por exemplo, já viabilizamos a situação dos medicamentos, nos primeiros dias como prefeito, visitei o hospital e pude constatar a triste realidade, faltavam os medicamentos mais básicos como dipirona, soro, material para curativo, seringas e até alimentos para os pacientes.


Hoje nossa central de medicamentos felizmente está abastecida, (quem quiser comprovar essa informação é só ir visitar a central), já realizamos um mutirão para a retirada de cataratas, o hospital está equipado com uma sala de vídeo-conferência, hoje nosso quadro de profissionais conta com 35 médicos para melhor atender melhor nossa população.


Contratamos através do processo licitatório uma UTI aeromóvel totalmente equipada para situações de extrema urgência, as Unidades Básicas de Saúde (UBSs) vão ser todas reformadas, já fizemos um levantamento da necessidade de contratação de mais médicos especialistas para atender a demanda da nossa população.


Nã esquecemos dos nossos irmãos do interior, no inicio do ano colocamos a disposição dos agentes de saúde rural 116 motores rabetas, para realização de seus trabalhos e para melhor atender nossos irmãos ribeirinhos, mais não param por ai! Também já está em processo licitatório à contratação de ambulanchas.


Colocaremos estas ambulanchas em comunidades pólos para atender casos de emergências, deslocando o paciente com a maior urgência para a cidade.


Crônicas: A zona Rural foi literalmente abandonada durante os últimos 9 anos, uma da principais perguntas de nossos ribeirinhos é se o direito a cidadania vai acabar?


Mitouso: Não, não vai acabar, o programa vai ser melhorado, vai perder seu cunho eleitoreiro e ganhar status de um verdadeiro programa de Transferência de Renda. Antes não havia nenhuma contra-partida das famílias, agora será aos moldes do bolsa-familía onde cada família terá de manter seus filhos na escola, ter o cartão de vacinas em dia, e se for da zona rural participar de cursos técnicos.


Mas queremos oportunizar ao ribeirinho mais do que R$ 100,00, prova disto é que está em curso a legalização da compra de produtos agrícolas dos nossos trabalhadores rurais para a merenda escolar.

Essa ação irá fortalecer, incentivar e beneficiar centenas de trabalhadores que às vezes não tem para quem vender seus produtos e que acabam se estragando e conseqüentemente desmotivando o trabalhador.


Cada produtor poderá vender até R$ 800,00 de produtos para a merenda escolar. Isso é bem superior e mais digno do que uma esmola de R$ 50,00 ou R$ 100,00, o nosso compromisso é com a inclusão social e respeito ao homem e mulher da zona rural. Desse modo estaremos melhorando e ampliando a merenda escolar das nossas crianças e dando oportunidade ao homem do interior.


Crônicas: Outro ponto de destaque de seu programa de governo foi a ideia de Gestão Democrática, que tem sido feito para que isto possa se tornar realidade?


Mitouso: A realização da 1ª Conferência da Cidade de Coari é prova deste compromisso. Estamos trabalhando de forma planejada, com bastante tranqüilidade e consciência. A solução para todas as prioridades e urgências já estão acontecendo. Até o final deste ano, o povo vai ver isso mais claramente, e o apoio ao nosso governo se fortalecerá ainda mais.


Respondendo a sua pergunta, ainda não recebi o relatório final das conclusões da primeira Conferência Municipal das Cidades. A equipe coordenadora do evento está trabalhando na sistematização, e acredito que na próxima semana já estarei com essa documentação. Porém, já chegou a minhas mãos uma síntese das prioridades destacadas na Conferência de acordo com os 4 eixos temáticos.


Não abordarei agora detalhadamente, citarei, por exemplo, as propostas mais votadas pela plenária: Destaque especial para a Criação do Conselho Municipal da Cidade e do Fundo Municipal de Habitação.


É esse conselho que será constituído por vários segmentos da nossa cidade e que nos auxiliará na implementação de várias ações que estejam de acordo com o Plano Diretor, O PPA (Plano Plurianual) e o Orçamento Municipal. Isso é Democracia, é trabalhar com transparência e participação popular.


O tribunal de Contas e o Ministério Público têm insistido muito na questão da transparência e da economicidade como pontos fundamentais da administração pública, e essa são as nossas metas. Outra proposta aclamada foi a da construção da Ponte do Pêra. A Conferência ratificou essa urgência. A construção de casas populares também teve destaque especial, pois o déficit habitacional na cidade é gigantesco.


Assim como, os representantes de vários segmentos da nossa cidade que estiveram presentes na Conferência, também demonstraram preocupação com a nossa orla fluvial e com os nossos igarapés. Já estou com uma equipe trabalhando nesse projeto. Por sinal, um lindo projeto. Assim que estiver pronto, no máximo em mais 30 dias, buscaremos parcerias para implantar uma espécie de “PROSAMIM” de Coari, como ocorre no prosamim de Manaus.


Crônicas: Suas considerações finais prefeito:


Cor do texto

Mitouso: Quero garantir ao meu povo de Coari, que não ficarei me lamentando sobre a situação que encontrei a Prefeitura, estamos usando as medidas legais e cabe ao Ministério Público e a justiça agir. Agora estou arregaçando as mangas, trabalhando e lutando para deixar a prefeitura em condições de celebrar parcerias com a Caixa Econômica para construção de casas populares, e com o Governo do Estado e Governo Federal, para obtenção de recurso para as diversas obras públicas de interesse social. Desse modo volto afirmar nosso compromisso de campanha, temos 2 anos e 9 meses pela frente de muito trabalho e respeito ao povo da nossa cidade.