domingo, 16 de maio de 2010

Dilma passa Serra em pesquisa de intenção de votos


De Vinicius Sassine, do Correio Braziliense:

A pré-candidata do PT à Presidência da República, a ex-ministra Dilma Rousseff, aparece pela primeira vez à frente do pré-candidato do PSDB, o ex-governador de São Paulo, José Serra, em pesquisa de intenção de votos feita pelo Instituto Vox Populi.

O levantamento traz a petista com 37% das intenções de voto, em empate técnico com Serra, que tem 34% na pesquisa estimulada. A margem de erro do levantamento é de 2,2%, para mais ou para menos.

Dois mil eleitores, moradores de 117 cidades (nas cinco regiões brasileiras), foram ouvidos no levantamento. Num eventual segundo turno, Dilma e Serra também estariam tecnicamente empatados, com 40% e 38%, respectivamente, dentro, portanto, da margem de erro de 2,2%.

A pesquisa de intenção de voto espontâneo – quando o eleitor abordado pelos pesquisadores diz em quem vai votar – também aponta a liderança de Dilma Rousseff. Ela aparece com 19% das intenções de voto, enquanto Serra tem 15%. Em janeiro, cada candidato obteve 9% das intenções de votos espontâneos.

A candidata do PV, a ex-ministra Marina Silva, consolidou-se na terceira posição da pesquisa estimulada de intenção de voto, com 7%.

O levantamento de votos espontâneos mostra o presidente Lula em terceiro lugar, com 10% das intenções de voto, o que confirma a popularidade do presidente (mesmo sem poder se candidatar a um terceiro mandato, Lula é citado pelos eleitores).

As regiões onde Dilma Rousseff é mais lembrada são o Nordeste (44%) e o Norte (41%). Serra lidera no Sul (44%) e está tecnicamente empatado com a petista no Sudeste.

A pesquisa foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) em 7 de maio de 2010, sob o número 11.266/2010. As duas mil pessoas foram entrevistas entre os dias 8 e 13. O Correio publica todos os detalhes do levantamento na edição impressa de amanhã.

sexta-feira, 14 de maio de 2010

Veja o perfil de cada vítima

O perfil das vítimas da tragédia


Cinthia, Eliana Pacheco e Karla. Maria Silva, Marivaldo e o piloto



Nome: Cinthia Régia Gomes do Livramento
Idade: 45
Naturalidade: Manaus/AM
Cargo: Secretária de Estado de Educação

Casada com José Roberto Serrão, sem filhos, assumiu a Seduc em 30 de março de 2010.

Nome: Eliana Socorro Pacheco
Idade: 45
Naturalidade: Novo Airão-AM
Cargo: Gerente de Monitoramento/Seduc

Casada, formada em Pedagogia, era concursada da Semed há 20 anos

Nome: Karla Patrícia Barros de Azevedo
Idade: 38 anos
Naturalidade: Manaus/AM
Cargo: Assessora de gabinete da secretária

Solteira e sem filhos

Nome: Maria Suely Costa Silva
Idade: 49 anos
Naturalidade: Coari/AM
Cargo: Técnica da Seduc

Formada em Teologia pela Ufam, era efetiva desde 1993 e deixa duas filhas.

Nome: Marivaldo Couteiro Oliveira
Idade: 35 anos
Naturalidade: Manaus/AM
Cargo: Fotógrafo da Seduc

Pai de dois filhos, trabalhou em jornais e na Seduc desde 2005

Nome: Miguel Vaspeano Lepeco
Idade: 53 anos
Cargo: Piloto da CTA
Naturalidade: Maringá/PR

Pilotava aviões há mais de 30 anos

Amazonas de luto

Todos morreram

Michael Dantas
Ao cair no chão, aeronave explodiu e ainda deu para ver passageiros tentando se salvar, segundo relato de moradores da área



Lúcio Pinheiro
Especial para A CRÍTICA

“Se não tivesse pegado fogo, eu tinha salvado todo mundo”, lamentou Meicle Ferreira da Costa, 40, a primeira pessoa a se aproximar dos destroços do avião bimotor, que caiu ontem à tarde, matando todos os seis ocupantes. O acidente aconteceu por volta de dez minutos após a aeronave, modelo Sêneca II, prefixo PTEUJ, decolar (por volta das 15h) do Aeroclube, no bairro Parque das Laranjeiras, na Zona Centro Sul. O destino do voo era o Município de Maués (a 267 quilômetros de Manaus).

Além do piloto, morreram na queda cinco servidores do Governo do Estado, entre eles a secretária da Secretaria Estadual de Educação (Seduc), Cinthia Régia Gomes do Livramento. A equipe de funcionários públicos iria participar, hoje, de uma amostra de painéis que seria realizada pelas escolas de Maués. O avião caiu em um terreno que pertence à Inspetoria Salesiana Missionária da Amazônia (Isma), no bairro Zumbi 3, na Zona Leste. No local funciona uma das unidades do Colégio Dom Bosco.

Pelos relatos de populares e a localização da queda, equipes que trabalharam na ocorrência e amigos do piloto Miguel Vaspeano Lepeco acreditam que a manobra realizada por ele buscou, além de um pouso forçado, evitar o choque com as casas.

Segundo um oficial do Corpo de Bombeiros, se o Sêneca tivesse conseguido chegar na área plana do terreno, a poucos metros de onde bateu, a chance de haver sobreviventes era maior. “Ele iria quicar, provavelmente o trem de pouso iria quebrar por causa das irregularidades do solo, mas a possibilidade de alguém sobreviver poderia ser maior”, disse o capitão Sulemar do Nascimento.

Meicle Ferreira contou que estava próximo ao muro do terreno quando o avião caiu. “Quando ela (aeronave) bateu pegou fogo. Vi duas pessoas. Uma estava pegando fogo. Tentei pegá-la. Corri pra cima, mas não deu mais tempo. Eles estavam com vida. Se não tivesse pegado fogo, eu tinha salvado”.

A dona de casa Raimunda Fernandes, 53, disse que o avião apresentava defeito e sobrevoava próximo à copa das árvores e residências. “Ele deu voltas, desorientado. Saíam umas tochas de fogo. Passou entre a minha casa e a da vizinha”, comentou. O susto para a aposentada Maria das Graças, 59, foi ainda maior. Ela mostrou um buraco no telhado da casa dela, na rua Jauari, causado por uma peça que teria se desprendido do Sêneca. “Era uma peça pequena. Entreguei para uma moça”, disse. O tempo estimado da viagem até Maués seria de uma hora, informou a empresa responsável pelo voo, Cleiton Táxi Aéreo (CTA). O avião foi fretado para o Governo do Estado.

terça-feira, 11 de maio de 2010

Serafim e Alfredo formalizam aliança


Serafim, Lula e Alfredo















O senador Alfredo Nascimento e o ex-prefeito Serafim Correa mantiveram encontro com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva nesta terça-feira, selando uma aliança para as eleições deste ano.

O PT, que vinha tentando ocupar a vaga de vice na chapa de Alfredo, agora deixa de ser empecilho para a aliança entre o PSB e o PR.

Serafim desistiu da candidatura própria ao governo do Estado, depois que o PSDB, do senador Arthur Neto, e o Democrata, do ex-deputado Pauderney Avelino, desistiram da aliança com o PSB. Sem tempo na televisão, Serafim acabou aceitando o convite de Alfredo Nascimento para figurar como vice na sua chapa.

O acordo foi selado nesta terça-feira, no encontro mantido com o presidente Lula no Palácio do Planalto.

fonte: blog do holanda

domingo, 2 de maio de 2010

Toda ação gera uma reação...

Do Holanda:

NEGÃO QUER DESIDRATAR SABINO

O deputado federal Sabino Castelo Branco que espere o troco. Pessoas ligadas ao prefeito Amazonino Mendes dão como certa a revanche do Negão contra seu ex-aliado que tomou de assalto o PTB e tem disparado ataques contra o prefeito de Manaus. Sabino tomou agora o governador do Estado, Omar Aziz como "padrinho", pra quem tem feito os mais rasgados elogios em seu programa de TV. Nos bastidores e aproveitando a aproximação com o governador, o prefeito tem procurado minar o poder do deputado "golpista". A idéia de Amazonino é deixar Sabino na "secura", sem o apoio institucional e financeiro do novo "padrinho". E já apresentou a fatura para Omar. "Ou ele ou eu". Má fama por má fama, Omar já optou: fica com, o Negão.

MIRTES, HENRIQUE E SABINO SOB LUPA

Os chamados midiáticos - políticos que possuem programas de tv e que têm conquistado mandatos por causa da força desse veículo de comunicação - terão um "calo no sapato" nesse ano eleitoral. O Procurador Edmilson Barreiros determinou a sua equipe que esses programas sejam gravados e minuciosamente analisados para possível enquadramento em crime eleitoral, dado ao exagero de opiniões e atos que ferem o moral de cidadãos, empresas e administradores públicos. Na mira do Ministério Público principalmente a vereadora Mirtes Sales e o deputado federal Sabino Castelo Branco. Sorria, você está sendo gravado!